quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

CET-Rio pede apuração para saber se agente foi atropelado propositalmente

David Bezerra de Vasconcelos morreu na noite de terça (10) após acidente.
Colega de trabalho relatou discussão com motorista de ônibus pouco antes.

Guarda de trânsito David Bezerra da Silva morreuatropelado nesta quarta (Foto: Arquivo pessoal)

Um agente de trânsito morreu nesta quarta-feira (11) após ser atropelado quando liberava uma via após um acidente que envolveu um ônibus e um carro na Praça da República, no Centro do Rio, na terça (10). Segundo a Cet-Rio, ao solicitar a liberação da via após a colisão, o motorista do ônibus o atropelou.

Em entrevista ao RJTV, o presidente da Companhia, Joaquim Dinis, pediu apuração para saber se "o que aconteceu foi um assassinato".

David Bezerra de Vasconcelos, de 35 anos, foi socorrido ao Hospital Souza Aguiar, no Centro. Ainda de acordo com a Cet-Rio, ele sofreu fraturas na perna e na bacia.

A ocorrência foi registrada na 4º DP (Praça da República). De acordo com a polícia, um inquérito foi instaurado para apurar o crime de homicídio. O motorista do coletivo foi ouvido na unidade policial. Ainda segundo a corporação, os agentes já requisitaram a perícia no veículo e também solicitou as câmeras de monitoramento instaladas no interior do ônibus para análise.
Reações: